quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Pequenas, grandes palavras


Ele deixa um bilhete discreto na mesa, beija seu pescoço e se apoia na porta como quem não quer nada.
Você finge estar não ligando para tudo aquilo, sorri .

Um segundo passa e parece que o mundo para, você entra em um filme. o seu filme, com ele. Parece uma eternidade a fração de segundos em que você pensa como está feliz, como vocês estão felizes, e como não quer perder nenhuma memória, nenhum gesto, nenhum carinho, nenhum cheiro, absolutamente n-a-d-a !
Porque tudo é tão especial, tão bonito. Você fecha os olhos e pede pra que isso não se perca, para que vocês continuem vivendo essa história, por todo o tempo que for permitido.
Cada cena que passa em sua cabeça neste momento, reflete cada momento de amor bem vivido.
sorrisos.abraços.carinhos.brincadeiras.risadas.olhares.sonhos.vontades.desejos.paixão.amor
Absolutamente tudo que foi e é criado nesse espaço entre dois corações apaixonados.

Você volta a olhar aquele pedaço de papel estático na mesa. E ele continua te encarando, até que você resolve se virar e pegar o bilhete que trazia apenas poucas palavras, mas que estavam cheias de emoção:

" Eu te amo "







Nenhum comentário:

Postar um comentário