segunda-feira, 30 de julho de 2012

Check List

Não adianta dizer que não, mas todos pelo menos uma vez na vida já idealizou alguém, fez um check list de características que esse alguém deveria ter.
E cá pra nós, esse check list no fim das contas vai por água a baixo, claro que as pessoas que nos relacionamos tem algumas características que admiramos, que estipulamos, enfim. Mas todos somos feitos de carne, osso e sentimentos e por conta disso temos diversas qualidades, defeitos, neuras, maluquices, neuroses e tudo o mais que se queira ter!
Voltando a questão de idealizar, chega a ser engraçado e até assustador quando nos deparamos com alguém que possivelmente não estaria neste check list, muitas vezes pretensioso de nossa parte.  Mas não importa, a vontade de estar com este alguém te faz criar uma nova lista, e é quando você deseja que esse alguém realmente conheça todos os detalhes que estão presentes em você. Gestos. Gostos. Manias. Histórias. TUDO.
E você percebe que milhares de check lists podem ser feitos, mas que quando alguém te faz feliz "pluft", todos os itens somem. Porque não importa como o outro seja, ou como você seja, mas sim como são. Os dois, JUNTOS.
Então, se alguém te faz feliz, esqueça um pouco das listas, dos itens e seja feliz! 
Porque vale mais um alguém que te parece meio avesso mas que te faz sorrir, do que alguém "listado" mas que não tem a menor graça.






segunda-feira, 23 de julho de 2012

Sobre preconceito



Vivemos vendo e falando por ai que os tempos são outros, que as coisas estão mudadas, mas se pararmos pra ver o que realmente acontece, isso se torna um tanto contraditório.
Claro que muita coisa que é aceita hoje em dia,há alguns anos atrás seria uma catástrofe. Claro que tudo deve ter seus limites. Claro que todos tem suas diferenças, crenças, cultura e afins.

Outro dia vi um filme (como ela consegue – muito bom) que de certa maneira colocava uma questão em pauta, a famosa diferença entre homens e mulheres, um dos exemplos citados no filme era o de que quando um pai fica com um filho porque ele esta doente, esse pai é um herói, é maravilhoso e blá blá blá, agora quando é a mãe que se descabela pra poder estar com o filho, não faz mais que a obrigação. Tá certo, que em relação ao machismo muita coisa melhorou, mas não tem como dizer que não há vestígios disso, principalmente quando detalhes como estes são mostrados. Outra coisa que eu acho o cúmulo do absurdo é fazer diferença entre as pessoas por conta da sua opção sexual. Todo mundo já está cansado de ver descasos e casos que discriminam essas pessoas.
Existem milhares de preconceitos que são criados sabe – se lá de onde, ou por estereótipos criados, pela sociedade e assim vai.

Eu tenho um questionamento, e de verdade, acredito que muitos tenham. De onde surgem essas coisas.
Se Adão e Eva não existissem, ou se fosse Adão e José ou Eva e Maria, será que hoje ser homossexual seria estranho ou considerado diferente ? Se a mulher tivesse sido “criada” primeiro, será que os homens não sofreriam de descriminação ? Porque uma maçã ao invés de uma banana.  Quem é que diz o que é o certo e o errado, para poder determinar esses preceitos .
Se nada disso existisse, talvez as coisas não fossem banalizadas do jeito que são hoje.  E a sociedade que prega coisas que muitas vezes são sem pé e sem cabeça, ninguém sabe de onde elas surgiram e porque são do jeito que são.

Muitas pessoas insistem em se esconder atrás de todos esses estereótipos, que foram impostos, e vão continuar fazendo parte de tudo. Mas o que eu quero dizer aqui, é que ninguém deve ser julgado ou se esconder, ou ter medo por conta disto.
Impossível não relacionar as coisas, mas o mais impossível é viver uma verdade irreal, é viver algo que não é seu, que não é você. Então, vamos tentar deixar de lado essas imposições que nos são feitas, e vamos ver as coisas com outros olhos. Sem medo, sem preconceito, sem mentira.


sexta-feira, 20 de julho de 2012

Amigo

Amizade não é algo que deve ser considerado um produto vendido a preço de banana.
Hoje dia doa amigo, e há milhares de declarações por aí, mas gente há tanta hipocrisia junto dessas declarações.
Amizade é algo que se constrói, algo que se cultiva e que não precisa de esforços. Há aqueles amigos que você cultiva desde a infância (eu agradeço as minhas amigas de infância em especial por me aguentarem a alguns aninhos), há aqueles que você passa um tempão junto e não consegue mais se desligar, aqueles que se conhecem aos poucos e no fim das contas, não há fim.
Amigos, não são aqueles que você estuda, faz trabalho, vai pra balada, só está com você quando está tudo bem e mal sabe dos seus perrengues.
Ser amigo é mais que isso, é amar, compartilhar, ajudar, apoiar, criticar, brigar, chorar, sorrir, é querer o bem desta pessoa sem nada em troca. Amigo para todos os momentos. Amigo de verdade.


segunda-feira, 9 de julho de 2012

Vamos mudar !

Provavelmente já falei sobre este assunto aqui. Mas acredito que mudar é fundamental, e não me refiro a mudar radicalmente, a mudar de anos em anos, me refiro aquelas mudanças que fazemos a cada dia.
(Hoje resolvi mudar tudo por aqui, dei aquela repaginada no blog). Isso foi um parênteses, só pra firmar a mudança, mas voltando ao assunto.
Mudar nos recicla, e mudar não significa que temos que mudar nossa personalidade, nossa essência.NÃO. Mudar faz parte de um aprendizado, faz parte do crescimento, do amadurecimento. Cada dia devemos mudar algo, nem que seja um papel de lugar.
Porque não colocar em prática o que se está no pensamento? Porque não mudar e dizer o que se sente? Porque não ver um filme novo? Porque, porque, porque.
Não tenha mendo de mudar.
M-U-D-E-A-P-R-E-N-D-A-R-E-N-O-V-E !