sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

um dia.

Porque muitas vezes insistimos em deixar as coisas, os momentos, os sentimentos passarem ?!
é tão bom sentir, sorrir, chorar, se entregar... é tão bom amar. Sabe o friozinho na barriga, o coração acelerado, aquela saudade esmagadora, a vontade de estar junto... então, pra que deixar isso pra depois ??
A vida tem que ser vivida no agora, sim, porque a gente nunca sabe o que pode acontecer, o amor pode ser perdido, uma palavra mal dita, e o futuro ?! aaah, deixa ele vir.
E não falo isso só para amores, mas para TUDO. A nossa vida é imperdível, como um filme , as cenas passam e depois só ficam na lembrança.
Vamos tomar uma lição pra nossas vidas, vamos viver e aproveitar, dizer e sentir, tudo aquilo que queremos e devemos, pode ser difícil ?! com certeza, mas se as coisas fossem fáceis não seriam legais! 
enfim, meus amores ... vamos NOS PERMITIR !
a vida está ai, e é aqui e agora... eu estou aqui, e você, você está aqui ?!





ps: esse post teve seu início depois que eu vi um filme maravilhoso e que eu acho que todo mundo devia assistir, vale muito a pena!

Essa é a capa do filme que também tem um livro, que deve ser uma graçinha! rs fica a dica pra quem quiser ver !



 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

mágica

Ele chega de mansinho, sorrateiramente e como um mágico leva meu coração todinho quando se vai.
Da mesma forma, quando volta cheio de malícias e carinhos, me sinto presa ao seu coração, ao seu corpo de uma forma que esse sentimento não pode ser desatado, como um nó bem dado!
E como bom ilusionista que é, tira meu sono como ninguém e derrepente me desmonta com um golpe certeiro que m faz perder o chão e qualquer tipo de esperança. E sabe qual é a pior coisa de tudo isso, depois de olhar pras estrelas e fazer milhares de pedidos em baixo de uma cortina de lágrimas, você simplesmente volta com uma simples frase que muda tudo: " Amor, eu gosto de você " e pronto parece ser o suficiente....
Mas o que é ser suficiente quando se gosta de alguém, palavras não se bastam, muitas vezes elas podem ser substituidas por gestos e atitudes que sim valem mais do que mil palavras.
E no final das contas nada continua resolvido, a questão é ... até quando se pode ficar assim ?!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Saudades


Sabe aquela sensação de aperto no peito e nó na garganta. Um vontade enorme de se descabelar em lágrimas e soluços e se afogar no travesseiro.
Isso geralmente acontece quando nos vemos pegos por um sentimento que se chama saudade, um dos mais arrebatadores que eu conheço. E o que fazer quando essa queridinha resolve te pegar e “fala” hoje é seu dia meu amor ! Não adianta colocar a culpa na tpm, na discussão com a mãe ou na chuva que estragou o cabelo, essa sensação de amargura e desespero é ela (saudade) te dando boas vindas.
Ela não escolhe quem e muito menos a hora para aparecer, ela realmente invade seu momento... ela te faz querer ouvir as suas músicas preferidas para esses momentos, aquelas que sempre te fazem chorar e reviver momentos, ocorre um flash back motivado pela saudade.
Sentimentos se embaraçam e te trazem um alguém pra cada vez mais perto de você, e o nó no peito só aperta como se alguém o puxasse de algum lado, o choro vira pranto. E você vê que a única maneira de curar esse sentimento é estar junto de quem se gosta, de quem se quer, de quem se sente saudade. 
Quando esse encontro acontece é como se uma luz te rasgasse por dentro, trazendo uma alegria imensa, uma vontade de nunca mais largar, se afastar.
E no final de todo o sofrimento, só restam sorrisos e alegrias.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

chega !

Chega de ser a bonequinha, a princesinha, a super boazinha! Chega de ser feita de boba, de ter o coração em pedaços e seus sentimentos pisados.
É hora de pegar um megafone e dizer " Oi mundo, eu estou aqui ", é hora de mostrar força, correr atrás, é hora de tomar um porre e de se divertir, agora é o momento de xingar, rir e chorar. Fazer o que se deve fazer.
O momento não volta, as atitudes não voltam, as palavras lançadas ficam soltas no vento.
A vida passa e desacelera, tudo tem seu momento, e agora, neste momento é hora de tomar atitude, soltar os cabelos e seguir firme atrás de tudo o que se quer. E os outros ... ah os outros que vejam e aplaudam o seu espetáculo de vida.

Se joga, sem medo... a vida é um espetáculo que dever ser maravilhoso, porque uma hora o espetáculo acaba e as cortinas se fecham.